Serpro ajuda startups a participar de intercâmbio online na Estônia

90

 

Estatal disponibiliza até sete serviços gratuitamente para startups que forem selecionadas para Missão Digital na Estônia

Realizar um intercâmbio internacional em tempos de pandemia parece não ser uma boa ideia. Mas e se o intercâmbio for 100% online? E, melhor ainda, sem nenhum custo para os participantes? Esse é o novo desafio da Missão Digital na Estônia, que conta com o apoio do Serpro, empresa de TI do Governo Federal, e selecionará 50 startups brasileiras para, durante cinco dias, participarem de encontros online e ao vivo para descobrir como abrir e gerir uma empresa na Europa com “imposto zero”, como expandir uma startup até a União Européia, saber como a Estônia se tornou o país mais digital do mundo e, também, conhecer a história de brasileiros que fazem sucesso naquele país.

A iniciativa é capitaneada pela Estonia Hub, instituição que tem como missão identificar parcerias e atrair investimentos, apoiar a internacionalização de startups e fomentar a colaboração entre parques tecnológicos e ambientes de inovação brasileiros e estrangeiros. “O projeto tem a chancela do Ministério das Relações Exteriores, por meio da Embaixada do Brasil em Talin e no contexto do Programa Diplomacia Inovação, que busca quebrar os estereótipos vinculados à imagem do Brasil no exterior e mostrar um País que produz conhecimento, produtos e serviços em setores da fronteira científica e que tem capacidade de ser referência mundial em certas tecnologias”, explica o ministro Paulo Roberto Palm, da Embaixada do Brasil em Talin, capital da Estônia.

Incentivar a inovação e o surgimento de novas startups é parte das estratégias de Governo Digital e do Serpro, que se integra às instituições apoiadoras da iniciativa. “Vamos disponibilizar a todas as startups selecionadas para a Missão Digital um combo de soluções de identificação, que compreende as APIs de consulta (CPF, CNPJ, Dívida Ativa, CBD e Du-e), além do Datavalid e Biovalid. Os produtos ficarão disponíveis gratuitamente por um período de seis meses, podendo ser feita até 3 mil consultas por mês”, revela o diretor de Relacionamento com Clientes do Serpro, André de Cesero.

Interessado em participar da Missão Digital?

A Missão Digital acontece nos dias 21 a 25 de setembro, mas as inscrições já terminam na próxima sexta-feira, 4 de setembro. Serão escolhidas 50 startups de base tecnológica, que tenham soluções escaláveis e com potencial de abertura de operação na Estônia ou outros países da Europa. As startups devem, ainda, possuir CNPJ ativo, sendo desejável que tenham gerado faturamento e/ou recebido investimento nos últimos 12 meses, além de possuir equipe para comunicação em inglês. O formulário de inscrição deverá ser preenchido por meio do site http://estoniahub.com.br/missao-digital-pdi/.